quarta-feira, 25 de julho de 2007

por que Portugal merece o meu respeito

Eles têm João Pereira Coutinho - que nós tomamos emprestado, de tão bom que é.

E nós temos - equivalente não seria o termo - quem? Daniel Piza, talvez.

Leiam. Nem preciso comentar.

6 comentários:

Edu disse...

Se você diz pra ler...quem somos nós para dizer não?

beijos...saudades master!

Petê disse...

É... tenho minhas ressalvas com o moço Piza, acho de vez em quando meio tendencioso politicamente, mas gosto sim. O Duilio da Folha ainda me agrada mais. O Coutinho não conheço, mas vou me interar.
Beijos mils

Petê disse...

My,

Resolvi ler o moço Coutinho. Muito bom mesmo. Ri duplamente: pelo português patrício e pela análise do Speedy Sarko, hilária.
E contemplar, ah, contemplar. É divino, não é mesmo?

Sinayoma disse...

Adorei o Coutinho...aliás, nem sabia que o Antonio Cicero possuía um blogue. Fiz a análise do poema "Guardar". Muito gracioso o site dele. Há textos ótimos e interessantíssimos lá!Me transformarei numa leitora assídua!

bjos
Gabi

thiago disse...

Sou mais o Pedro Dória.

Renan disse...

BRINCADEIRA ESSE BLOG VIU VO TE FALA