segunda-feira, 23 de julho de 2007

não fosse isso

O mês de julho está findo. Sim, pois uma semana não é nada, inda mais quando é uma última semana.
Sinto um certo alívio, pela perspectiva de retomar as atividades acadêmicas, depois de mais de dois meses de paralisação. Meses em que, confesso, cultivei por demais os prazeres do ócio. Nestes, incluem-se - entre as atividades mencionáveis - leituras descompromissadas, puro deleite, navegações viciantes e sem rumo pela internet, espressos e Originais em ótimas companhias, noites sem dormir em maratonas de filmes dos Noitões do HSBC e - como não? - as postagens neste blogue.
As conseqüências da minha procrastinação crônica agora vêm à tona: tarefas acumuladas provocando um quase pânico. Quando irei aprender? Talvez nunca, mas a estiagem já começou.

E lembrando os versos de Leminski:

não fosse isso
e era menos
não fosse tanto
e era quase

Que venha logo agosto, mês dos cachorros loucos!

7 comentários:

Petê disse...

Que agosto não traga desgosto.
Beijos

Sinayoma disse...

Auuuuuuuuuuuuuuuuuuu(isso é um cachorro louco, tá!rs)!!!

Que agosto venho como um gosto novo!

Eu não vejo a hora de voltar também! Atá li uma coisa ou outra, mas considerei pouco até.=/

Adoro a palavra "espresso". É muito mais bonita, eu acho!

E não conhecia a palavra procrastinação....lendo Myriam e aumentando o vocabulário, assim é que eu gosto!rs

bjos, ótima semana! ;)

# thiago disse...

Adorei o texto!

Que agosto seja de bom gosto!

Beijos...

Esse blog transmite paz...

Anderson Lucarezi disse...

Todos somos meio cachorros, hehehehehe. E nossa loucura � incontest�vel, logo, brilharemos em agosto, nosso m�s!

myriam kazue disse...

luca,

essa sua frase é de uma lucidez incontestável também.

Edu disse...

agosto é meu mes


HAHAHHAHAH

adooro!

bjos***

Monica Messias disse...

Pra mim, as paralisações foram formidáveis para eu poder estudar inglês e fazer a dita Crítica Genética com calma. Enfim, voltemos à festividade francesa! Ah como somos felizes por sermos uma turma!
Bises!